UM BLOG PARA ALÉM DA LIBERDADE DA UTOPIA

sexta-feira, 25 de maio de 2012

ALÉM DO HORIZONTE

Foto: Joatan Freitas

O ser humano criou um novo sentido de paisagem,
muito distante daquele de outrora,
bem mais a sua imagem e semelhança, e para isso,
utilizou ferramentas que avançaram do pedaço de osso, pau e pedra
para conceitos linguísticos incompreensíveis aos simples mortais.
O homem quer se eternizar na abstração de sua obra, 
no desejo que tudo consome insaciavelmente,
na velocidade do modelo da sociedade de mercado.
Mas na história antropocêntrica da desconstrução humana, 
da apartação da natureza com o sagrado,
ele nega destrutivamente a natureza  
e violenta a si mesmo no âmago de sua espécie,
e finalmente, reduz deus ao tomar o seu lugar.